ND AMA

ACNE NA IDADE ADULTA TEM TRATAMENTO!13/03/18

Tathya Taranto conta sobre os tratamentos mais indicados para cada pele

Você acorda, se olha no espelho e dá de cara com uma espinha no rosto justo no dia daquele compromisso importante, quando você queria estar plena. Parece até pesadelo, mas a acne adulta é bastante comum e, no verão, com o aumento da oleosidade, ela tende a piorar.

Segundo a Academia Americana de Dermatologia, a acne adulta afeta 54% das mulheres acima de 25 anos e sua causa não é totalmente esclarecida, mas acredita-se que alterações hormonais estão associadas, na maioria dos casos, com a síndrome dos ovários policísticos ou a interrupção abrupta do uso de anticoncepcional. Outros fatores podem agravar o quadro. Entre eles está a alimentação rica em alimentos gordurosos (açúcares e derivados do leite), porque eles aumentam a produção do hormônio IGF-1, responsável por atuar na fisiopatologia da acne e favorecer a formação de cravos e das futuras lesões inflamatórias típicas da acne.

E como ela surge? Através do aparecimento de cravos e espinhas, concentrando-se mais frequentemente na zona U do rosto (queixo inferior, maxilar e pescoço), mas pode surgir de forma mais extensa e agressiva, com cistos, abcessos e cicatrizes inestéticas na pele.

De olho no tratamento adequado para o seu tipo de pele!

                                                  

Após uma investigação clínica, o médico dermatologista indicará o tratamento mais adequado, que pode consistir no uso de medicamentos tópicos e sistêmicos, como ácido retinóico, peróxido de benzoíla e ácido azeláico. Já a adoção do famoso medicamento isotretinoína (nome comercial: Roacutan) é feita apenas em casos de acne severa ou de acnes menos graves que são resistentes aos tratamentos convencionais.

Outro super aliado no combate às espinhas é o laser Fotona, que age tanto nas lesões inflamatórias quanto nas suas consequências, as cicatrizes de aspecto desagradável. O Fotona utiliza um feixe de laser Erbium-YAG que é absorvido pelas camadas superiores da pele e promove a vaporização do tecido cicatricial, estimulando a produção de novo colágeno na derme.

 

O importante é cuidar diariamente!

Vale destacar que o ritual de cuidados diários é indispensável para quem tem a pele acneica. A rotina engloba limpeza facial com um sabonete específico para pele oleosa, tônico com função desincrustante e adstringente e uso de protetor solar oil free. E nada de dormir de maquiagem para não entupir os poros e provocar cravos e espinhas! Cosméticos que não sejam oil free e não comedogênicos devem ser descartados, porque também podem obstruir os poros, aumentar a oleosidade e, consequentemente, piorar a acne, então dê preferência aos produtos de veículo em gel ou séruns. Existem produtos no mercado com característica oil-control com partículas que retêm a oleosidade ao longo do dia.

 

#dica

 

TATHYA TARANTO (COLABORAÇÃO ESPECIAL)

FOTOS BANCO DE IMAGENS 




COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK