CASA COR

PROJETO LEVA ARQUITETOS À PERIFERIA27/08/18

Projeto Arquitetura na Periferia é destaque na CASACOR; participe vc também

Num país em que ter os serviços de um arquiteto é artigo de luxo, o projeto Arquitetura na Periferia, criado para oferecer assessoria técnica a grupos de mulheres dentro das favelas de Belo Horizonte, é artigo precioso.

A bacaneza da vez é que iniciativa que capacita o público feminino a construir e reparar suas próprias residências marca presença na 24ª edição da CASACOR Minas no fim desta semana. Serão duas atividades, nos dias 30 e 31 de agosto: um bate-papo aberto ao público e um workshop, respectivamente.

O bate-papo contará com as presenças de Carina Guedes, idealizadora do projeto, Mariana Borel – arquiteta integrante da equipe técnica – e convidados. A ideia é apresentar aos participantes as possibilidades e dificuldades encontradas em demandas sociais relacionadas ao ramo da arquitetura e do urbanismo.

O bate-papo é aberto ao público e será realizado das 19h às 21h, no Campo de Palestras Sesc, projetado por Lucas Durães, do GUAJA, e por Fernanda Chagas e Gabriel Jota, da Dobra Arquitetura. 

Carina e Marina  também comandam o workshop direcionado a estudantes e profissionais da área que queiram trabalhar com ações de impacto social. As arquitetas apresentarão a metodologia do projeto, as experiências adquiridas na assessoria técnica oferecida às periferias e os principais pilares do coletivo: melhoria da moradia, capacitação e autonomia.

O workshop será realizado entre 19h e 22h no Campo de Palestras Sesc e a taxa de inscrição é de R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia). Todo o dinheiro arrecadado será reinvestido em ações do projeto, garantindo ao coletivo sustentabilidade financeira.

Um pouco de história

O projeto Arquitetura na Periferia foi fundado em 2013 pela arquiteta Carina Guedes. A ideia surgiu após questionamentos apresentados em sua pesquisa de mestrado para a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG): por que a maioria da população brasileira não possui acesso aos serviços técnicos prestados por arquitetos e engenheiros antes ou durante a sua obra? Por que justamente onde mais se constrói casas é onde menos vemos esses profissionais trabalhando?

 A equipe é atualmente composta por três arquitetas, duas estudantes de engenharia, uma articuladora local e uma mestre de obras, além de voluntárias em diversas áreas tais como psicologia, fotografia e comunicação. Conheça mais sobre o projeto nos vídeos aqui e aqui

Bate-papo Arquitetura na Periferia

QUANDO: 30 de agosto – quinta, de 19h às 22h

ONDE: CASACOR Minas - Rua Sapucaí, 383 – Floresta- Belo Horizonte

* Entrada franca (mediante compra de ingresso para visitação da mostra)

Workshop Arquitetura na Periferia

QUANDO: 31 de agosto – sexta, de 19h às 22h

INSCRIÇÕES: R$ 120 (inteira) e R$60 (meia), pelo SYMPLA

DA REDAÇÃO

FOTOS: KIKA ANTUNES 



COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK