COLUNA DA NATÁLIA

CHICHICO NO PALÁCIO DAS ARTES #COOL01/01/20

Exposição no Palácio das Artes, apresenta a obra de fotógrafo mineiro

Entre o retrato de um grã-fino e outro, Francisco Augusto de Alckmim, o Chichico, ocupava-se de vestir e produzir pessoas comuns e colocá-las diante dos cenários que serviam como pano de fundo para seus retratos. 

Um poudo do olhar de Chichico 



Eram os primeiros anos do século 20, mais precisamente 1919, e o locus, Diamantina, uma cidade que já não vivia mais os dias gloriosos da extração de diamantes que a tornou conhecida.

O resultado do trabalho incansável do fotógrafo - que muitos, como eu, só conhecemos depois que o IInstituto Moreira Salles transformou parte do seu acervo de 5 mil negativos de vidro em exposição - está disponível para encantar quem passar pelo Palácio das Artes, em BH, até 23 de fevereiro.

A turma da banda militar de Diamantina 

Com curadoria de Eucanaã Ferraz, “Chichico Alckmim Fotógrafo” é programa imperdível neste finalzinho de ano em que o CCBB Belo Horizonte recebe “Man Ray”, um apanhado do trabalho do norte-americano que se notabilizou pela fotografia solarizada na Paris dos anos loucos.

Cada um a seu modo, Chichico e Man Ray merecem nossa atenção e - por que não? - deslumbramento. 

 

SERVIÇO:

Chichico Alckmim Fotógrafo

ONDE: Palácio das Artes

QUANDO: até 23 de fevereiro

 

NATALIA DORNELLAS 

FOTOS: REPRODUÇÃO

 

 

 



COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK