COLUNA DA NATÁLIA

GALERIA SEM TERRITÓRIO DEFINIDO24/08/18

Projeto novinho em folha representa artistas e ocupa espaços inusitados

Um projeto de arte contemporânea que surgiu este ano em Belo Horizonte, propõe tomar o Brasil - quiçá o mundo! - com um modelo inovador de venda de obras de arte e ocupação de espaços vazios com exposições.

É a GAL, nome feminino e curto, que pode ser acrônimo de Galeria de Artistas Livres ou de Galeria de Arte Livre, além de carregar as iniciais da palavra galeria em português e inglês, conforme explicam Laura Barbi e Aline Xavier, que comandam o projeto.

Um pouco de GAL na lojinha de design Acaiaca, que fica na CASACOR

Embora não tenha endereço fixo nem território definido, uma seleção dos trabalhos disponíveis na galeria pode ser visto em dois ambientes na CASACOR Minas, na lojinha Acaiaca Design, que tem curadoria de Mariana Hardy e Cynthia Massote, da Hardy Design, e no ambiente da Globo Minas, projetado por Luis Gustavo Vieira e João Lucas Pontes, da Objeto Design, até dia 16 de setembro.

Erreerre é um dos artistas do acervo da GAL

Além disso a galeria de arte livre vende obras de arte online 365 dias por ano e realiza exposições temporárias e gratuitas em espaços vazios, como aconteceu em maio na Savassi, quando ocuparam um ponto comercial em desuso.

Entre as peças disponíveis pra venda estão obras de arte e produtos criativos assinados e de tiragem limitada dos artistas Aline Xavier, Carolina Botura, Giulia Puntel, Guilherme Cunha, Julia Panadés, Marina Tasca, ErreerreRoberto Bellini, Ricardo Burgarelli.

Para seguir a GAL é só correr para o Instagram e digitar @gal.art.br. 

SERVIÇO

CASACOR Minas: Rua Sapucaí 383, até 16/9/2018

INFOS: info@gal.art.br | www.gal.art.br (31) 97528.5189 ou (31) 99370.8998.

NATALIA DORNELLAS

FOTOS DIVULGAÇÃO/GAL 



COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK