ND AMA

MARCOS CHAVES É NOME PARA ANOTAR #ART10/03/18

Galerista Leila Gontijo é quem dá o caminho das pedras

Herdeira de Maria Helena e Feiz, Leila Gontijo tem sua história misturada à trajetória da galeria dotART, que completa 41 anos este ano. Atualmente, é Diretora Executiva da galeria, que fez de seu espaço um lugar para ser, pensar, produzir, experimentar, celebrar e comercializar a arte de uma forma poética. Isso possibilita, ao longo de sua trajetória, uma maior eficácia na relação entre o espectador e o objeto de arte em foco.

Leila Gontijo é o nome por trás da dotART

Com uma programação de exposições constante, apresenta um elenco de criadores com diferentes linguagens e suportes. Crê que cada objeto de arte é um canal factível com potência de irradiar cultura, e amplia o seu campo de ação ao estimular a rede de colecionadores, arquitetos, designers de interiores e amantes da arte com a qualidade e o frescor das criações dos seus artistas.

A larga experiência e seriedade na parceria com novos valores faz da galeria também um posto avançado da produção mais atual da arte no Brasil e no mundo, e foi por isso que recorremos à Leila para dar continuidade ao nosso giro pelas galerias do circuito contemporâneo de Belo Horizonte. 

Abaixo a gente entrega mais nomes para prestar atenção. Confira!

Marcos Chaves

 

Nasceu no Rio de Janeiro, em 1961, e iniciou sua carreira artística na década de 1980. Trabalhando sobre os parâmetros da apropriação e da intervenção, sua obra é caracterizada pela utilização de diversas mídias, transitando livremente entre a produção de objetos, fotografias, vídeos, desenhos, palavras e sons.

O artista faz da palavra, do humor e da crônica fotográfica seus instrumentos para colocar em questão as incertezas, suas e coletivas, e desafiar as certezas do mundo. Participou da Manifesta7 - The European Biennial of Contemporary Art, Itália; 25a Bienal Internacional de São Paulo, SP; 1a e 5a Bienais do Mercosul, Porto Alegre; 17a Bienal de Cerveira, Portugal; 4a Bienal de Havana, Cuba; TRio – Tridimensional Intern’l Rio Biennial 2015 – CCBB, Rio de Janeiro, Brasil; 3a Bienal de Lulea, Suécia.

Roberto Freitas

Artista que desde 2002 produz trabalhos que flertam livremente entre problemáticas típicas do cinema, da dança, da música, da escultura, da performance, do desenho e da pintura.

Fez exposições individuais na Funarte-BH, SESC Pompéia, galeria Dot.arte, galeria Virgílio, Museu Victor Meirelles, Mis de Florianópolis, Mis de Campinas e no Memorial Mayer Filho. Ainda participou de mostras coletivas pelo Brasil, América do Sul, América do Norte e Europa.

Tem bacharelado em artes plásticas e mestrado em teoria da arte, ambos realizados na UDESC. Lecionou desenho numa universidade pública e em uma pós-graduação de Teoria da Arte. Geriu a ARCO (2003 até 2008), em Florianópolis, um espaço dedicado à investigação e exposições de arte contemporânea.

Gilson Rodrigues

                          

 

Nasceu em Contagem-MG, em 1987, e atualmente vive e trabalha em São Paulo. É bacharel em Artes Visuais pela UFMG e licenciado pela UEMG. Se dedica à pintura e suas interseções com outras linguagens, como o vídeo e a instalação. Em sua produção, além de uma intensa pesquisa sobre o próprio fazer pictórico, é recorrente a investigação sobre questões ligadas ao tempo, à memória e à paisagem.

O artista participou de exposições individuais e coletivas, entre as quais se destacam: "Por trás das formas", Memorial Minas Vale, Belo Horizonte; "Quase paisagem", Fundação Cultural Bradesco, SC; "Jardins Suspensos", BDMG Cultural, Belo Horizonte; "Novíssimos", Galeria Ibeu, RJ; "ARTE LONDRINA 6", DaP, Londrina; "15ª Edição do Programa de Exposições do MARP", SP; "66º Salão Paranaense", MAC, PR. Foi premiado no VIII Salão de Itabirito/2017 e na 26ª Mostra de Arte da Juventude/2016 no SESC de Ribeirão Preto. 

Atualmente trabalha também como assistente da consagrada artista Sonia Gomes. Encontre-o no IG atráves do @gilsonrodrigs. 

#arte

JR MENDES (DA REDAÇÃO)

FOTOS CEDIDAS PELA GALERIA 

 




COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK