MÃE DO PAI

É MACAMBÚZIO QUE FALA? #MAEDOPAI25/06/19

Como diria Vandré: ''A vida não se resume em festivais''

Amar é...seguir amando o ser amado mesmo quando ele está pouquíssimo amoroso. 

Ontem foi “dia sim” de papis em casa - nos “dias não” ele fica na residência sênior - e por mais que eu fizesse cafuné pra ele dormir depois do almoço e contasse casos que noutras vezes o fizessem interagir, o danadinho estava incomunicável. 


Eu: Pai, quer bolo de chocolate ou de laranja da Frau Bondan?

Ele: O que tiver. 

Eu: Pai, o Brasil está jogando bem? 

Ele: silêncio sepulcral seguido de cabecinha baixa e olhar distante. 

Horas depois, lá fui eu de novo. 

Eu: Você está sentindo alguma coisa, posso te ajudar?

Ele: Não sei... (dessa vez fazendo o primeiro contato visual do dia).

É, Vandré, você tinha razão: “...a vida não se resume em festivais”. 


Amanhã, a Pollyanna aqui tenta de novo. 


#parkinsonismo 

 

NATALIA DORNELLAS
FOTOS: ARQUIVO PESSOAL
 
No perfil @maedopai_, no Instagram, compartilho as dores e delícias de cuidar do meu, diagnosticado há alguns meses como portador de "degeneração cortico-basal", um mal parkinsoniano de rápida evolução. Os textos de lá agora terão espaço por aqui também.
 

 



COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK