MÃE DO PAI

CADEIRA DE RODAS NÃO TÊM PERNAS, PQ VOA26/09/19

A doce aventura de levar meu pai, portador de Parkinson, à praia

O dia não estava lindo, a água estava gelada e meu paizinho não verteu lágrimas ou gargalhou, nem disse uma de suas frases que adoro transcrever. 

Ele ficou ali, calado, olhando fixamente para aquela linha que confunde as vistas e nos separa da África, sem pressa para ir embora

 

Levá-lo para (re)ver o mar foi uma grande alegria para nós e, para ele, mais uma prova de que podemos desafiar os nãos que a doença degenerativa apresenta

Agradeço de coração à Laura, do Instagram @cadeiravoadora, que nos mostrou que, sim, cadeiras podem voar; à Rio Accesible Tour por oferecer o serviço da “cadeira anfíbia”, na Praia de Copacabana; e à Thuany Macedo, nossa cuidadora que pira junto.

 

Foi lindo!

#maedopai #praiaacessivel #amaedopai #parkinson #parkinsonsdisease #envelhecer

NATALIA DORNELLAS

FOTOS: RYAN TRINDADE 

 

 



COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK